Welink Builders Welink Builders
entrevista-be-home

Entrevista | Be @ Home

Welink Builders

Welink Builders

Apresente-se: o seu nome, idade, profissão, empresa.

Catarina Ferreira, tenho formação em Decoração de Interiores e Home Staging e sou responsável pela Be@home. O meu objetivo com este projeto é chegar ao maior número de pessoas possível através do mundo digital, daí a prestação de serviços ser através do online.

 

Qual é a sua experiência profissional?

A decoração de interiores é uma paixão recente no meu percurso, que me levou a tirar uma formação nesta área. No final desta formação tive oportunidade de estagiar num atelier de design de interiores. 

No final desta formação decidi criar o meu projeto pessoal.

 

Há quanto tempo exerce esta profissão?

Exerço esta profissão há 2 anos.

 

 Como chegou a esta posição / Como entrou para a empresa?

Durante o período de estágio apercebi-me que, o nosso quotidiano é cada vez mais frenético e, foi desta observação que surgiu a ideia de criar o meu próprio projeto pessoal, funcionando maioritariamente de forma online, sem que a localização constituisse uma limitação. Por outro lado, ao prestar um serviço online iria poder alcançar um tipo de público que, por norma, não recorre a um studio de design de interiores.

 

Finalmente, criando o meu próprio projeto pessoal iria poder ajudar um tipo de público que, neste momento, ainda não acredita que pode aceder a um serviço de decoração de interiores personalizado, sem que lhes custe uma fortuna.



Porque escolheu esta atividade? 

Não era algo que estivesse planeado. Contudo, o gosto pela criação de espaços, pela conjugação de cores e texturas cresceu tanto ao ponto de alterar por completo o meu percurso profissional. 

 

Como é um dia típico na vida de profissional de decoração? 

Por norma, tiro um dia por semana para tratar de tarefas administrativas ou de marketing. 

 

Nos dias restantes, trabalha no desenvolvimento dos projetos que tenho em mãos. 

 

O que é que diferencia a Be@Home? 

Honestamente, creio que seja o facto de ser um serviço prestado online ! Esta base, além de me permitir chegar a mais pessoas, permite-me trabalhar melhor os orçamentos e, por conseguinte, apresentar valores mais apelativos. 

 

O facto de não existir um espaço físico e, todos os custos associados à sua manutenção, consigo ter uma maior margem para negociar ou renegociar os orçamentos, sem que o projeto seja comprometido. 

 

A missão da Be@Home é mesmo essa, que toda a gente tenha acesso a este serviço, independentemente do orçamento do cliente. Todo o projeto é pensado em função do orçamento disponibilizado pelo cliente. 

 

Na sua opinião, quais são os aspetos positivos deste trabalho?

Trabalhar com pessoas de todas as classes sociais e todas muito diferentes. Poder trabalhar espaços muito diferentes, com características diferentes, mas no final, poder fazer alguém feliz com o meu trabalho !

 

Quais são as principais dificuldades do seu trabalho

Ganhar a atenção do meu público ! Ainda estou a trabalhar na melhor forma de desmistificar o facto deste tipo de serviços não ser extremamente caro. Na maioria das situações as pessoas continuam a nem sequer procurar orçamentos, mas tenho certeza que se o fizessem, ficariam bastante surpreendidas. 

 

Quais são as qualificações exigidas para a sua profissão?

É preciso ter empatia com os clientes, perceber os gostos, os estilos, compreender como vivem a sua casa, para trabalhar no melhor resultado possível ! 

 

A minha função é trabalhar as necessidades e gostos do cliente, para que efetivamente o meu trabalho contribua para melhorar o quotiadiano dos meus clientes. 

 

O que pensa sobre a evolução destas profissões hoje em dia?

Acho que as pessoas cada vez mais olham para as suas casas e, cada vez mais existe a esta preocupação em ter um profissional desta área para as acompanhar e orientar em todo o processo. Este spodem ser processos de nova construção, remodelação ou, até mesmo, apenas decoração. Acho que esta preocupação vai continuar a aumentar futuramente. 

 

Quais são as perspetivas de desenvolvimento na sua posição?

Estamos ainda numa fase inicial. O meu objetivo é conseguir ter um leque de clientes estáveis e, que a marca seja cada vez mais conhecida. 

 

Projetos que a tenham marcado: 

Acho que o primeiro projeto nos marca sempre. No meu caso, não só por ser o primeiro, mas também por ter sido um projeto para um dos meus amigos. Deixou-me bastante satisfeita perceber que, os meus contributos e conselhos ajudaram alguém a criar a sua própria casa !  

 

É um profissional de construção?

Referencie a sua empresa no Welink Builders