Welink Builders Welink Builders
escolher-cor-para-casa

As melhores dicas para escolher a cor para os espaços da sua casa

Welink Builders

Welink Builders

As melhores dicas para escolher a cor para os espaços da sua casa

Vamos começar este artigo com uma premissa muito importante: gostos não se discutem! É mesmo verdade, principalmente se estamos a falar de cores e de escolher a cor certa para cada espaço da sua casa. 

 

Nada é mais seu do que a sua casa. Concorda connosco, certo? Nela consegue relaxar, estar em família e ser 100% genuíno. É por isso que é tão importante que cada pormenor esteja de acordo com aquilo que idealizou, sem excluir a cor dos espaços da casa. Contudo, é normal que as dúvidas surjam e as incertezas acabem por se colocar no seu caminho. Para ajudar, reunimos algumas dicas básicas, nas quais provavelmente não pensou, mas que fazem todo o sentido. 

 

Se ainda assim, depois desta nossa ajudar não ficar completamente esclarecido, pode encontrar na Welink Builders alguns profissionais da arquitetura e do design de interiores, que vão entender as suas necessidades e apresentar a melhor solução personalizada a si e ao seu espaço. Pintar a casa não precisa de ser um bicho de sete cabeças!

Dica número 1: Para pintar a casa, não existem cores ideais

Se esta a ler este artigo provavelmente já tem consciência da importância de escolher a cor dos espaços da sua casa. A cores transmitem sensações e sentimentos o que pode afetar direta ou indiretamente o seu mood e bem-estar. A verdade é que não existem cores ideais, uma vez que cada cor pode representar uma sensação diferente para cada pessoa. Se o espaço é seu, a cor do espaço também terá de ter tudo a ver consigo. 

 

A nossa dica é que reflita bem em como quer pintar a casa que é SUA. Vai querer seguir modas e tendências, ou vai preferir dar um toque de personalidade própria na cor dos espaços? A reflexão pode parecer exagerada, mas no final entenderá a sua importância. Afinal, quer estejamos a falar de pintar a casa na totalidade ou, simplesmente escolher a cor dos espaços, terá de lidar com as cores que eleger todos os dias. 

Dica número 2: Escolher a cor dos espaços de acordo com aquilo que quer transmitir

Esta pode ser uma dica complexa, esperamos que não lhe traga ainda mais confusão. Aquilo que queremos dizer com “escolher a cor dos espaços de acordo com aquilo que quer transmitir” é que pense nas cores como algo mais do que tinta. Pense nas cores como elementos que vão expressar algo sobre si, sobre o seu modo de vida e sobre aquilo em que acredita. 

 

Se neste momento levantar a cabeça do seu computador ou do seu smartphone, quantas cores consegue ver na pequena parte do mundo onde se encontra? Infinitas, certo? Pois bem, a realidade é que dentro do seu espaço vai poder escolher por si a forma como vai pintar a sua casa, escolher a cor de cada elemento e divisão, e conseguir disfrutar somente das sensações transmitidas pelas cores que escolher. 

Dica número 3: Escolha a cor dos espaços de acordo com a cores que mais gosta

Esta dica traz uma controvérsia. Queremos sim que pense nas suas cores favoritas, mas queremos também que pense na harmonia entre elas. Nem sempre as cores que mais gosta vão resultar como cor dos espaços da sua casa. 

 

Quando dissemos para pensar nas cores que mais gosta com certeza teve pelo menos duas que lhe vieram logo à cabeça. Todos nós acabamos por gostar mais de umas cores do que de outras, como em tudo na vida, e é normal que assim seja. Afinal somos serem individuas. O ideal é que quando pintar a casa estas preferências de cor estejam refletidas. Pode optar por variar na tonalidade, na intensidade e até na luz, mas as suas cores de eleição devem estar representadas. 

Dica número 4: Para pintar a casa, vá mais alguém do que simplesmente escolher a cor dos espaços, pense na utilidade de cada divisão

Escolher a cor de um espaço numa casa, seja ela predominante ou até mesmo a cor dos moveis, pode influenciar a forma como se vai sentir nessa divisão e aquilo que vai conseguir, ou não, fazer nela. Queremos só que entenda que a cor dos espaços deve combinar com o objetivo final ao qual esse espaço de destina, e com ambiente que pretende conseguir nessa divisão. Por exemplo, se no quarto quer ter uma sensação de tranquilidade, por muito que adore os tons de vermelho forte, esta poderá não ser a melhor opção a tomar. 

 

Dentro ainda da dica da relação entre cores, propósito e sensação, considere que se o seu objetivo é ter um espaço mais amplo e aberto, deve escolher a cor com tons mais neutros. Se por outro lado quer trazer uma sensação mais acolhedora, para se sentir realmente em casa, pode escolher tons quentes. 

Dica número 5: Pintar a casa de acordo com a quantidade e qualidade da luz natural

Quando falamos de pintar a casa, falamos de uma pintura total ou de uma pintura de espaços individuais. Ao escolher a cor deve sempre ter em conta o lugar ao qual a tinta se destina, considerando a reação à iluminação existente. Isto porque é muito provável que as diferenças na iluminação da casa acabem por alterar a perceção da cor escolhida. 

 

Ao utilizar esta dica, considere se o seu espaço está orientado a Norte, e logo é mais sombrio e pede cores mais quentes; ou se está orientado a Sul e aí terá os incríveis benefícios da luz solar e pode escolher cores mais frias. 

 

Para terminar, e porque poderíamos continuar a dar-lhe dicas infinitamente, mas quisemos focar-nos nas mais importantes, queremos que fique com a ideia de que pintar a casa não é tão complicado quanto aparenta. Poderá sim recorrer a profissionais para escolher a cor ideal para as suas divisões, mas pode também definir a cor dos espaços da sua casa por si mesmo, confiando no instinto e recorrendo a algumas pesquisas sobre o tema. Divirta-se e torne a sua casa 100% sua. 

É um profissional de construção?

Referencie a sua empresa no Welink Builders