Welink Builders Welink Builders
rotulo-energetico

Como ler, compreender e interpretar um rótulo energético?

Welink Builders

Welink Builders

Como ler, compreender e interpretar um rótulo energético?

O governo introduziu novas obrigações desde 1 de Janeiro de 2011 para melhorar o funcionamento do mercado imobiliário. Assim, todas as casas anunciadas no setor imobiliário devem exibir a sua classe energética, para além do seu diagnóstico de desempenho energético. 

 

A classificação é representada por letras (de A a G). Isto permitirá que o comprador tenha informações precisas sobre a habitação que planeia adquirir antes de assinar a promessa de venda. 

 

Assim, poderá avaliar a extensão do trabalho de renovação a ser feito, se necessário. Que critérios são utilizados para determinar a classificação energética? Como funciona o rótulo energético 2021? Decifrar!

Classe energética de uma casa: o que é?

É um indicador do desempenho energético de uma casa. A classe energética é um sistema de classificação, que vai de A a G (desde o melhor desempenho energético até ao mais intensivo em energia). 

 

Esta classificação permite-lhe antecipar a quantidade de contas de energia que terá de pagar se decidir comprar o imóvel. A classe energética é portanto um critério importante para encontrar o bem ideal, adaptado ao seu orçamento e às suas necessidades em termos de conforto e poupança de energia. 

 

Uma propriedade classificada como "A" indica que consome menos energia, graças a um isolamento perfeito. Não requer qualquer trabalho de isolamento. Um bem classificado " G " significa que está sujeito a elevadas perdas de energia. 

Como é estabelecida a classificação energética?

A classe de energia fornece informações importantes sobre o desempenho energético de uma casa. A classificação não representa dados reais em termos de consumo de energia. É antes um complemento ao diagnóstico de desempenho energético (DPE).

 

Este exame permite uma análise completa da habitação. O diagnóstico deve ser efetuado de dez em dez anos. Consiste em verificar certos pontos relacionados com o sistema de aquecimento e arrefecimento da habitação. O PED com a classe de energia permite avaliar o consumo de energia. Os usos de consumo não são tidos em conta. A classificação dependerá dos resultados do DPE.

Como ler um rótulo energético?

A classificação energética é simbolizada por dois rótulos complementares: a classe GHG e a classe energética. Estes rótulos são utilizados para avaliar a taxa de emissão de gases com efeito de estufa em kg por CO₂/m²/ano. 

 

A classe GHG informa os compradores sobre o consumo anual estimado de habitação. Tem em conta as despesas energéticas de aquecimento e arrefecimento. A classe GHG é expressa em kWh/m²/ano:

  • A classe energética A indica um excelente desempenho energético, uma vez que o consumo de energia é inferior a 50 kWh/m²/ano;
  • A classe energética B indica um desempenho energético muito bom, uma vez que o consumo de energia está entre 50 e 90 kWh/m²/ano;
  • A classe energética C indica um bom desempenho energético, uma vez que o desempenho energético é avaliado entre 91 e 150 kWh/m²/ano;
  • A classe energética D indica um desempenho energético médio, com um consumo de energia entre 151 e 230 kWh/m²/ano;
  • A classe energética E significa que o consumo de energia se situa entre 231 e 330 kWh/m²/ano;
  • classe energética F significa que o desempenho energético da habitação é baixo, com um consumo de energia entre 330 e 450 kWh/m²/ano;
  • A classe energética G indica um fraco desempenho energético, uma vez que o consumo de energia da habitação excede os 450 kWh/m²/ano.

O desempenho energético médio das casas francesas é de 250 kWh/m²/ano (classe energética E). Se decidir comprar um imóvel nesta categoria, deve planear um trabalho de otimização energética.

Rótulo energético: como é que se traduz em contabilidade?

A classe de energia de uma casa é um indicador importante. Esta informação permite prever as despesas necessárias para garantir um conforto térmico ótimo durante todo o ano e, ao mesmo tempo, realizar economias de energia. 

 

A tradução financeira pode ser feita de diferentes maneiras. Para uma casa de 100 m², é possível fazer o seguinte:

  • A: o custo é estimado em menos de 250 euros por ano
  • B : o custo é estimado entre 251 e 500 euros por ano
  • C : o custo é estimado entre 501 e 750 euros por ano
  • D : o custo é estimado entre 751 e 1 150 euros por ano
  • E : o custo é estimado entre 1 151 e 1 650 euros por ano
  • F : o custo é estimado entre 1 651 e 2 250 euros por ano
  • G : o custo é estimado em mais de 2 250 euros por ano

O rótulo energético dá uma visão geral do trabalho de renovação que é necessário realizar para otimizar a eficiência energética da casa. As casas com classificação A ou B não requerem qualquer trabalho de isolamento. 

 

As casas com uma classificação entre D e G requerem trabalhos de impermeabilização e isolamento, cujo montante deve ser considerado, para além do preço de compra do imóvel e dos custos associados aos vários procedimentos administrativos.

O cálculo do rótulo energético de uma propriedade

Para habitações aquecidas individualmente construídas após 1948, o cálculo da etiqueta energética baseia-se no método 3CL (consumo dos últimos três anos). 

 

Alguns elementos específicos são tidos em conta, tais como o perfil térmico da habitação, o equipamento de aquecimento e os cenários de ocupação (temperatura interior, taxa de ocupação, consumo de água quente, etc.). Estes dados permitem-nos avaliar o consumo anual de energia da casa. 

 

Várias simulações são possíveis para avaliar o rótulo energético. No entanto, para validar o diagnóstico, recomenda-se a utilização dos serviços de um perito certificado.

Como reduzir a sua conta de energia?

A adoção de certas ações simples e aparentemente insignificantes é por vezes suficiente para poupar energia. O objetivo é reduzir as despesas relacionadas com o aquecimento e a produção de água quente. 

 

De facto, representam 75% da conta de eletricidade. Aqui estão alguns bons hábitos a adotar:

  • melhorar o isolamento térmico da sua casa para reduzir os seus custos de aquecimento;
  • tomar um banho em vez de um duche, uma vez que é mais eficiente em termos de água;
  • ajustar a temperatura do tanque de água quente;
  • A adoção de ações responsáveis na cozinha pode poupar até 7% de energia.

Conclusão

Compreender o rótulo energético obrigatório é a chave para encontrar a casa perfeita. Esta informação ajuda-o a avaliar os custos de energia envolvidos se decidir comprar uma casa, bem como a quantidade de trabalho de isolamento necessário. A classificação obtida através de um diagnóstico de desempenho energético é obrigatória para todas as propriedades para venda.

É um profissional de construção?

Referencie a sua empresa no Welink Builders